mãos

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

TECNOLOGIA X BRINCADEIRA


Nossa se tem uma coisa que criança desse século adora é mexer em tecnologia e na maioria dos casos eles o fazem melhor do que nós.

Todos os meus filhos mexem bem com meu Iphone, mas meu filho demonstra uma melhor habilidade por gostar e se interessar mais. Ele domina até o Android do meu marido.

As pessoas próximas a mim sabem o quanto ele sofre se o coloco de castigo sem brincar com o seu DS. Lidar com essa força que tenta mantê-los em casa sem fazer esforço e sem curtir a infância não é nada fácil. Mesma para mim que moro em casa dentro de condomínio fechado com espaço para eles correrem, andarem de bicicleta, jogarem taco, andarem de patins...não é fácil manter eles fora de casa.

Minha filha mais velha adora ver televisão e a mais nova por enquanto é a mais ativa, mas ainda não sei se é pela idade ou vai ser uma característica dela.

Uma coisa que fiz foi estabelecer regras e dificultar o acesso a essas coisas. Por exemplo o DS do meu filho fica sempre guardado no meu quarto em um lugar que ele não tem um campo visual bom, ou seja, se ele não vê não tem vontade de jogar constantemente. Nas férias os videogames ficaram em casa. (não levei o DS e nem Wii).

Quanto a TV, nas férias saiu um pouco do meu controle quando saiamos da praia, mas se considerarmos que eles já tinham aproveitando, praia e piscina, não tinha sobrado tanto tempo.

Em casa o controle é melhor. Tento o máximo possível encorajar que brinquem na rua e deixo que vejam um pouco entre jantar e hora de dormir, ou quando chegam cansados das atividades e já fizeram a lição. No total acaba dando no máximo 1 hora por dia de TV, o que é muito viável, já que eles vão para a escola pela manhã, e duas vezes na semana tem 2 horas de inglês e 1 hora de natação, na sexta que é dia livre sempre aproveitamos para convidar amigos para brincar.

Sei que a tecnologia é algo necessário na vida deles, mas também sei que para o desenvolvimento motor e para as experiências de infância saudáveis, brincar ainda é melhor para o futuro deles.

Então vamos tentar ao máximo deixa-los brincar e encoraja-los a fazê-lo.
Não pensem que odeio a tecnologia, pois seria hipocrisia, já que tenho um blog, mas penso que tudo em excesso não é bom. Deixa-los serem apenas estimulados, por Iphone´s, Tablets e Ipad´s não pode ser mais saudável do que brincar no sol, fazer ralados no joelho e transpirar de tanto brincar.

Beijinhos

Um comentário: